No AR file-2017-01-03231248.674365-IMG_0128_DANTON_SAMPAIO49e4ead6-d223-11e6-b8f8-047d7b108db3.png

Jornal da Tribuna com Danton Sampaio e J. Santos
Até as 14:00h


ESCUTE AO VIVOESCUTE AO VIVO MOBILE

Salvador tem a 2ª maior alta no preço do feijão entre as capitais do Nordeste

file-2016-07-07055607.779351-feijao2bfc33a4-4442-11e6-b080-047d7b108db3.jpg

O feijão deixou a cesta básica do soteropolitano mais cara, sendo o principal responsável pela alta do valor gasto pelo trabalhador com alimentos. O preço deve continuar em alta, pelo menos até o mês que vem.

 

O preço médio do feijão carioquinha (ou mulatinho) aumentou 72% de maio para junho em Salvador. A cidade teve a segunda maior variação de preço no Nordeste e a terceira no país. Confira o ranking do mês de junho divulgado pelo Dieese. 

Veja também:

1º lugar Aracaju – R$ 192,72
2º lugar Goiânia - R$ 176,48
3º lugar Salvador - R$ 147,23
4º lugar Porto Velho  - R$ 147,14
5º lugar Maceió - R$ 144,00
6º lugar Palmas - R$ 126,55
7º lugar Belém - R$ 124,46
8º lugar Cuiabá - R$ 124,44
9º lugar Natal  - R$ 120,95
10º ligar Campo Grande - R$ 118,37
11º lugar Rio Branco - R$ 110,84
12º lugar São Luís - R$ 108,05
13º lugar Recife - R$ 105,19
14º lugar Teresina - R$ 102,89
15º lugar  Boa Vista- R$ 99,17
16º lugar  Fortaleza - R$ 97,05
17º lugar São Paulo - R$ 95,26
18º lugar Belo Horizonte - R$ 94,53
19º lugar  Brasília - R$ 88,34
20º lugar João Pessoa - R$ 85,10
21º lugar Manaus - R$ 72,94
22º lugar Macapá - R$ 69,90
23º lugar Vitória - R$ 55,45

 

fonte: Redação Correio 24h



Mais notícias